Escolas revelam atrasos na aplicação do novo programa de Matemática » Educare – O Portal de Educação

“…No inquérito da APM acerca da implementação do novo programa de Matemática A, foram validadas, até ao momento, respostas de 77 escolas. Destas, 70 seguiram a ordem do programa, mas apenas três cumpriram a planificação prevista até ao final do 1.º período. Há uma média de 13,9 tempos letivos em atraso no final do 1.º período e uma média de 5,9 tempos letivos semanais atribuídos à disciplina. As 77 escolas correspondem, no total, a 268 turmas e a 178 professores…”

Fonte: Escolas revelam atrasos na aplicação do novo programa de Matemática » Educare – O Portal de Educação

Falta democracia às escolas 

A opinião de Mário Nogueira no Educare

“É inquietante sentir o medo instalado na sala de professores e preocupante que haja quem alinhe na ideia de incompatibilidade entre liderança forte e respeito por princípios democráticos, como elegibilidade e colegialidade. É no contexto democrático que se afirmam as lideranças fortes; fora dele, alimentam-se ambições que, muitas vezes, resultam mal.”

 

Para aceder a todo o artigo siga, Falta democracia às escolas » Educare – O Portal de Educação

It shouldn’t take legal action for schools to act on bullying | The Edvocate

Sally Varnham, University of Technology Sydney A former pupil is suing her Victorian school for the psychiatric harm she allegedly suffered from

Fonte: It shouldn’t take legal action for schools to act on bullying | The Edvocate

Diretores das escolas queixam-se de problemas com a Internet

O Ministério da Educação admite “a existência de problemas”. Mas garante que não afetam “sites de trabalho” e defende que a lentidão é muitas vezes explicada com acessos a jogos e redes sociais.

Toda a notícia em TSF.

Associação de colégios admite que Estado financia turmas onde há oferta pública

A associação dos colégios privados reconhece que o Estado financia turmas em zonas onde existe oferta pública, mas defende que a sobreposição de oferta se deve manter em nome da liberdade de escolha das famílias.

Na véspera da audição parlamentar, o presidente da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP), Rodrigo Queiroz e Melo, contou à Lusa que é a favor da reavaliação da rede de escolas com contratos de associação mas que “é preciso olhar para os casos concretos e perceber o que é melhor para os alunos”.

Toda a notícia aqui

Improving Schools Through Design Thinking

Along with teaching students how to master design thinking, this five-step model of empathize, define, ideate, prototype, and test can also be used in running the school itself.

Fonte: Improving Schools Through Design Thinking

Ministro admite recorrer à Parque Escolar para retirar amianto das escolas

Tiago Brandão Rodrigues disse que parte das situações serão resolvidas com obras já previstas

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues admitiu ontem atribuir à Parque Escolar, E.P.E. a responsabilidade pela remoção do amianto em todas as escolas públicas sinalizadas para receberem essa intervenção. A hipótese foi avançada ontem à tarde, durante uma audiência na comissão de Educação e Ciência.

Questionado pela deputada de “Os Verdes” Heloísa Apolónia – que não integra a comissão de Educação nesta legislatura mas marcou presença na reunião para o questionar especificamente sobre o que poderia adiantar sobre as iniciativas nesta matéria -, Tiago Brandão Rodrigues adiantou que algumas escolas com amianto estão já num mapeamento, feito na anterior legislatura, de estabelecimentos que vão ser alvo de obras com comparticipação a 85% de fundos comunitários. Quanto às restantes, admitiu que está “em cima da mesa a passagem para a Parque Escolar da remoção do amianto, por uma questão de economia de escala”.

Continuar a ler