I Encontro Luso-Brasileiro de Educação e Tecnologias

O I Encontro Luso-Brasileiro de Educação e Tecnologias terá lugar no dia 5 de fevereiro de 2019 na Universidade de Aveiro. Este é dirigido a Professores e Investigadores interessados em pesquisas sobre o tema educação e tecnologias, tem como objetivos fomentar a partilha e o diálogo sobre pesquisas/investigações que exploram as relações entre educação e tecnologias, incentivar a interação entre investigadores e estudantes de pós-graduação e o intercâmbio entre centros e grupos de pesquisa e instituições de ensino superior do Brasil e Portugal.

É possível submeter propostas de comunicação até ao dia 12 de janeiro, através da submissão do formulário disponível para download aqui.

A inscrição no encontro é gratuita, mas obrigatória, via formulário online.

Sábado Pedagógico do MEM em Aveiro

No próximo dia 10 de novembro irá realizar-se mais um Sábado Pedagógico, em simultâneo com a segunda sessão do Curso de Análise Evolutiva VI.

Este encontro, à semelhança do anterior, terá dois momentos: a sessão plenária dedicada ao Tempo Curricular Comparticipado, seguida dos relatos de práticas divididos por níveis de ensino. Abaixo, encontram mais informações sobre as temáticas que irão ser abordadas.SP 10 Novembro

Os Sábados Pedagógicos têm lugar no Complexo Pedagógico da Universidade de Aveiro. Para o próximo dia 10 de novembro, estão serão as salas destinadas às diferentes comunicações: 23.3.9, 23.3.10 e 23.3.14.

Programa Doutoral em Multimédia em Educação com candidaturas abertas

 

Está aberta desde segunda-feira, dia 16 e até ao dia 3 de agosto, a 2.ª fase das candidaturas ao Programa Doutoral em Multimédia em Educação.

Toda a informação no edital: https://acesso.ua.pt/upload/editais/e_3953.pdf

O Programa Doutoral em Multimédia em Educação tem como objetivos:

  1. aprofundar e estruturar competências avançadas nos domínios académico e profissional;
  2. desenvolver conhecimentos interdisciplinares, no âmbito das sinergias criadas pelos estudos realizados na Instituição proponente, adequados à análise e intervenção em situações de educação e de formação em que os recursos multimédia sejam potenciados;
  3. favorecer o exercício da investigação pautada por padrões de excelência académica e de inovação, no que diz respeito à sua conceção, gestão e divulgação;
  4. estimular a sistematização contínua e a produção de conhecimentos originais e a sua divulgação, a nível nacional e internacional, em comunidades científicas/académicas com créditos reconhecidos no domínio da multimédia em educação;
  5. promover o contacto e a colaboração com investigadores, nacionais e internacionais, de reconhecida competência no domínio do curso;
  6. estimular o desenvolvimento de competências de aprendizagem ao longo da vida;
  7. promover, em contexto académico e/ou profissional, o progresso tecnológico, social, cultural e educacional.

Internet das Coisas em Educação: uma ferramenta para a aprendizagem de ciências

Artigo “Internet das Coisas em Educação: uma ferramenta para a aprendizagem de ciências” da autoria de Filipe T. Moreira, Mário Vairinhos e Fernando Ramos do DigiMedia do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Resumo:

Em muitos sistemas educativos, como é o caso de Portugal, o manual escolar tende a manter-se como o principal recurso utilizado nas aulas do Ensino Básico na área das
Ciências. Por outro lado, existe pouca prevalência de trabalho experimental e, por oposição, continua a subsistir um ensino abstrato e enciclopédico, que recorre muitas vezes a dados desatualizados e desenquadrados da realidade do aluno.
Uma possibilidade para o enriquecimento dos ambientes de aprendizagem na área das Ciências é o recurso à Internet das Coisas que poderá potenciar ambientes de “hipersituação” de aprendizagem com dados obtidos em tempo real e contextualizados na realidade do aluno.
Neste artigo apresenta-se uma visão geral sobre a utilização da Internet das Coisas em Educação, destacando potencialidades, desafios e elencando-se alguns dos conteúdos programáticos de Ciências Físicas e Naturais (do 3.º CEB) passíveis de serem abordados com recurso à Internet das Coisas. Por último apresenta-se um dispositivo baseado em tecnologia de Internet das Coisas concebido para ser utilizado em aulas de Ciências Naturais e de Físicas do 3.º ciclo do Ensino Básico Português (níveis 7.º a 9.º).

Para aceder ao artigo completo: https://ieeexplore.ieee.org/document/8399234/

Livro de Posters do II Fórum CIDTFF

O Livro de Posters do II Fórum CIDTFF: “Construindo um compromisso com a Ciência Aberta” já se encontra disponível no Repositório Institucional da Universidade de Aveiro.

Esta edição inclui 42 posters, da autoria de 96 investigadores, organizados em quatro eixos temáticos.

Nesta edição figura na página 24 um poster de que sou coautor: Tangible programming and inclusion-Open science practices within the TangIn project

III Encontro Nacional PIC.TIC: Programação, Inovação e Criatividade no 1.º CEB e Pré-Escolar

pic.tic III.jpgO Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro  em parceria com a ERTE/DGE, organiza o III Encontro Nacional PIC.TIC: Programação, Inovação e Criatividade no 1.º CEB e Pré-Escolar, no dia 16 de junho.

Com este encontro, pretende-se juntar professores, principalmente, do 1.º CEB e Educadores de Infância, interessados em aprofundar conhecimentos nas áreas da criatividade, programação, gamificação, narrativas digitais e animação com as TIC. Pretende-se, igualmente, criar um espaço de partilha e debate que permita aos professores e educadores fazer um intercâmbio de ideias e experiências potenciadoras de novas práticas educativas.

Continuar a ler

Congresso Municipal da Educação Pinhelativo

Congresso Municipal da Educação.jpg

As inscrições podem ser feitas aqui >>>> https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScmoRHLaqA9KXtX2aex8E2feIRN66axXtsVEV4FDW8TX5uiYQ/viewform

Mais informações aqui >>> http://portal.aepinhel.org/index.php/noticias/402-congresso-pinhel-ativo-na-promocao-do-sucesso-educativo

Candidatos a professores têm das médias mais baixas

ng6185943

No passado dia 8 deste mês, o jornal Expresso publicou um artigo onde revela que “são cada vez menos os alunos que querem dar aulas. E estes estão longe de ter as notas mais altas. Portugal não é um caso único”.

Esta realidade não é propriamente novidade, no entanto o jornal apresenta eventuais explicações com comparações e dados da OCDE. Vale a pena a leitura e reflexão!

Para aceder ao artigo do Expresso siga o endereço: http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-11-08-Candidatos-a-professores-tem-das-medias-mais-baixas

Fórum Educação Murtosa – 2017

MURTOSA

Para se inscreverem — Enviar email para exec@pamf.edu.pt
com a indicação de:
Nome, Email, Escola ou Instituição, Grupo de Recrutamento, Nível de Ensino.

Coffee-Breaks e Almoço: oferta do Município da Murtosa.

 

Integrado na programa comemorativo do 91º aniversário da criação do Concelho da Murtosa, o salão nobre dos Paços do Município da Murtosa recebe, no próximo dia 27 de outubro, o “Fórum Educação Murtosa – 2017”, um espaço de partilha e reflexão acerca da temática da educação, organizado, em parceria, pela Câmara Municipal da Murtosa e pelo Agrupamento de Escolas da Murtosa e especialmente dirigido à comunidade educativa.

O Fórum Educação será dividido em duas grandes partes temáticas: no período da manhã serão apresentadas propostas inovadoras no domínio do uso da tecnologia no contexto formativo, trazidas por Sandra Vasconcelos e por Filipe Moreira, enquanto que a tarde será dedicada à reflexão acerca das políticas e estratégias de educação, com a presença de dois reputados especialistas: António Abreu Freire e José Augusto Pinho Neno.

Paralelamente, terá lugar, na sede do Agrupamento de Escolas, uma ação de formação, dirigida a educadoras de infância, da responsabilidade da Associação Portuguesa das Educadoras de Infância (APEI) no âmbito da educação musical na infância, aberta a todas as educadoras do Concelho (rede pública, privada e solidária).

As inscrições no Fórum Educação e na ação de formação da APEI, gratuitas e limitadas, podem ser feitas através do e-mail exec@panf.edu.pt, indicando o nome, contacto, escola ou instituição e grupo de recrutamento.

PROGRAMA
09H00 – Receção e acreditação dos participantes;
09H15 – Acolhimento e Boas Vindas:
Intervenção do Presidente da Câmara Municipal da Murtosa, Joaquim Baptista;
Intervenção do Diretor do Agrupamento de Escolas da Murtosa, Manuel Arcêncio da Silva;

09:30H – “Utilização de dispositivos móveis em ambiente formal de ensino-aprendizagem”
Sandra Vasconcelos, PhD – Universidade de Aveiro
Debate

11H00 – Pausa para café

11H30 – “O Robot MI-GO em Educação”
Filipe Moreira – Investigador – Universidade de Aveiro
Debate

13H00 – Almoço – Escola Pe. António Morais da Fonseca

14H30 – “Educação, Tolerância, Globalização”
António de Abreu Freire, PhD
Debate

16H00 – “Política de Ensino e Organização do Sistema Escolar”
José Augusto Pinho Neno, Mestre em Ciências da Educação
Debate

17H00 – Encerramento seguido de Visita Guiada à COMUR-Museu Municipal

Continuar a ler

Um pouco da Educação da Finlândia

Jari Lavonen, diretor do departamento de formação de professores da Universidade de Helsínquia, esteve em Portugal. Visitou algumas instituições, falou do exemplo Finlândia e dos atuais constrangimentos vivenciados também na área da Educação no seu país.

Toda a entrevista em: Jornal Expresso Quarta, 15 de Fevereiro de 2017