Livro – O TELSC em números…

Partilho nesta publicação o acesso ao livro do qual sou coautor – O TELSC em números: Encontro Nacional do Multimédia: Tecnhology Enhanced Learning and Societal Challenges.

Este livro foi publicado no âmbito das comemorações do Dia Nacional do Multimédia, efeméride instituída pela Associação para a Promoção do Multimédia e da Sociedade Digital, celebrada a 25 de junho.

Este eBook retrata o percurso de um consórcio concretizado pelas Universidades de Lisboa, de Aveiro e do Minho em torno de um ideário de desenvolvimento de competências de 3.ºCiclo de Bolonha, consubstanciado no Programa de Doutoramento em Aprendizagem Enriquecida com Tecnologia e Desafios Societais (Technology Enhanced Learning and Societal Challenges – TELSC).

Pode ainda ler-se um conjunto de resumos e posters de trabalhos de investigação que estão ou foram desenvolvidos no âmbito do Programa de Doutoramento referido.

Para aceder ao livro (Gratuito) siga o endereço -> https://ria.ua.pt/handle/10773/24544

Anúncios

Resumos – TIC@Portugal’18

Já está disponível o livro de resumos dos trabalhos/experiências partilhadas no TIC@Portugal’18.

Recorda-se que em 2018 o evento envolveu “600 participantes nos oito pólos do Encontro organizados pelo CCTIC Educom – Monte de Caparica, pelo CCTIC Educom – Loulé, pelo CCTIC Univ. Minho – Penafiel, pelo CCTIC IPB ESE Bragança, pelo CCTIC Softciências – Coimbra, pelo CCTIC Univ. Aveiro – Lamego, pelo CCTIC ESE IPSetúbal, e pelo CCTIC ESE IPSantarém.

Foram apresentadas mais de 70 comunicações e dinamizadas c. 40 sessões práticas com partilha de projetos, experiências e experimentação de recursos digitais. A participação dos professores e educadores correspondeu em pleno ao esperado e revela uma aposta ganha na criação de espaços e momentos de partilha que permitam aos docentes integrar cada vez mais e melhor os recursos digitais à sua disposição nas suas escolas e nas plataformas digitais dedicadas ao ensino.”

Livro em http://wordpress.educom.pt/TIC-Portugal-18/wp-content/uploads/2018/07/ResumosTIC@PT18.pdf

Internet das Coisas em Educação: uma ferramenta para a aprendizagem de ciências

Artigo “Internet das Coisas em Educação: uma ferramenta para a aprendizagem de ciências” da autoria de Filipe T. Moreira, Mário Vairinhos e Fernando Ramos do DigiMedia do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Resumo:

Em muitos sistemas educativos, como é o caso de Portugal, o manual escolar tende a manter-se como o principal recurso utilizado nas aulas do Ensino Básico na área das
Ciências. Por outro lado, existe pouca prevalência de trabalho experimental e, por oposição, continua a subsistir um ensino abstrato e enciclopédico, que recorre muitas vezes a dados desatualizados e desenquadrados da realidade do aluno.
Uma possibilidade para o enriquecimento dos ambientes de aprendizagem na área das Ciências é o recurso à Internet das Coisas que poderá potenciar ambientes de “hipersituação” de aprendizagem com dados obtidos em tempo real e contextualizados na realidade do aluno.
Neste artigo apresenta-se uma visão geral sobre a utilização da Internet das Coisas em Educação, destacando potencialidades, desafios e elencando-se alguns dos conteúdos programáticos de Ciências Físicas e Naturais (do 3.º CEB) passíveis de serem abordados com recurso à Internet das Coisas. Por último apresenta-se um dispositivo baseado em tecnologia de Internet das Coisas concebido para ser utilizado em aulas de Ciências Naturais e de Físicas do 3.º ciclo do Ensino Básico Português (níveis 7.º a 9.º).

Para aceder ao artigo completo: https://ieeexplore.ieee.org/document/8399234/

Livro de Posters do II Fórum CIDTFF

O Livro de Posters do II Fórum CIDTFF: “Construindo um compromisso com a Ciência Aberta” já se encontra disponível no Repositório Institucional da Universidade de Aveiro.

Esta edição inclui 42 posters, da autoria de 96 investigadores, organizados em quatro eixos temáticos.

Nesta edição figura na página 24 um poster de que sou coautor: Tangible programming and inclusion-Open science practices within the TangIn project

Livro: Teacher Education Policy and Practice in Europe

Foi publicado o livro Teacher Education Policy and Practice in Europe: Challenges and Opportunities, livro da Routledge Ed, coeditado por Ana Raquel Simões, Mónica Lourenço e Nilza Costa, no qual figura o capítulo “The European dimension in practice: Ideas for the classroom” do qual sou coautor.

Para aceder ao livro, siga o endereço: https://www.routledge.com/Teacher-Education-Policy-and-Practice-in-Europe-Challenges-and-Opportunities/Simoes-Lourenco-Costa/p/book/9781138306431
Boas leituras!

Teacher Education Policy and Practice in Europe: Challenges and Opportunities for the Future (Hardback) book cover

Artigo – Robótica educativa em Portugal – estado da arte

O artigo publicado na Revista Científica de ESTUDIOS E INVESTIGACIÓNEN PSICOLOGÍA Y EDUCACIÓN da atoria de João Marques (AE de Figueiró dos Vinhos) e de Vânia Ramos (AE de Sampaio), aborda o  estado da arteEducational robotics in Portugal.

Resumo
A programação e a robótica são duas áreas emergentes nas escolas portuguesas onde existem variados projetos que as mobilizam. Não se procura, na maioria destes projetos, formar futuros programadores, mas antes utilizar o ensino da programação e da robótica como metodologia para desenvolvimento de algumas competências: resolução de problemas, trabalho colaborativo, pensamento computacional, pensamento criativo, entre outras. Nos repositórios académicos existem diversos estudos que apresentam olhares sobre programas e projetos que integram a programação e a robótica em contexto educativo. Importa, pois, realizar uma leitura sistematizada sobre os estudos realizados e publicados e procurar identificar as vantagens e desvantagens da presença da programação e da robótica em contexto educativo

 

 REVISTA DE ESTUDIOS E INVESTIGACIÓNEN PSICOLOGÍA Y EDUCACIÓN 
 
eISSN: 2386-7418, 2017, Vol. Extr., No. 13DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.13.2738 
Correspondencia: João Marques,  joaojosemarques@gmail.com Selección y peer-review bajo responsabilidad del Comité Organizador del XIV Congreso Internacional Galego-Portugués de Psicopedagogía
Robótica educativa em Portugal

Artigo disponível também em https://www.academia.edu/35537132/Rob%C3%B3tica_educativa_em_Portugal_estado_da_arte

Adolescentes – Depressão e uso de Smartphones – Estudo

Depression-loss_of_loved_one.jpg

Um estudo publicado este mês na revista Clinical Psychological Science  da autoria de  revela que o número de adolescentes americanos com depressão tem estado a aumentar desde 2012, relacionando este facto com o uso de smartphones por esta faixa etária.

O estudo revela que os adolescentes que passam mais tempo nas redes sociais e a utilizar equipamentos digitais revelam mais problemas mentais, enquanto que adolescentes que passam mais tempo em atividades “nonscreen” revelam menos tendência para este tipo de problemas. 

Para aceder ao estudo e ter acesso a todos os detalhes da investigação e seus resultados, siga o endereço: http://journals.sagepub.com/doi/full/10.1177/2167702617723376

“Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico” – Estudos de Avaliação do projeto-piloto 

A Direção-Geral da Educação acaba de divulgar os Estudos de Avaliação relativos ao primeiro ano do projeto-piloto “Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico”.Os Estudos foram realizados pela Universidade de Évora e poderão ser consultados no documento disponível em http://www.erte.dge.mec.pt/sites/default/files/estudos_avaliacao_ip1ceb.pdf

Informação sobre esta iniciativa em http://www.erte.dge.mec.pt/iniciacao-programacao-no-1o-ciclo-do-ensino-basico

Retirado de “Iniciação à Programação no 1.º Ciclo do Ensino Básico” – Estudos de Avaliação do projeto-piloto | ERTE

Será a repetição de ano benéfica para os alunos?

sera-a-repeticao-de-ano-benefica-para-os-alunos.jpg

Sinopse:

O objectivo deste trabalho foi medir o impacto resultante do facto de se obrigar um aluno a repetir um ano no seu desempenho académico subsequente. Pretende-se responder à seguinte questão: para os alunos que ficaram retidos, como é que os seus resultados académicos se comparam com os resultados académicos que teriam tido se não tivessem ficado retidos?

Pode obter o trabalho completo aqui.

Livro: Dependências Online – O Poder das Tecnologias

dependencias online.png

Pode aceder ao livro (gratuito) em https://issuu.com/lidel/docs/9789896930608_depend__ncias_online