Professores com melhores notas não são necessariamente os melhores a ensinar 

 

“…

A formação inicial não pode ser analisada isoladamente. É preciso ter em conta a inter-relação e a interdependência que estabelece com os domínios associados: habilitação profissional, formação profissional, dispositivos de recrutamento e seleção, mecanismos de operacionalização e de regulação do sistema. Nesse sentido, esta formação não poderá assentar na crença de que os professores mais bem classificados são necessariamente os melhores professores, mas sim no princípio de que a “escola é uma referência fundante e que se aprende a ser professor com uma formação inicial exigente e solidamente dirigida ao desempenho profissional, que se concretiza em contexto de trabalho, através de prática supervisionada – dimensão que deve merecer políticas de indução dirigidas aos professores iniciantes”. O futuro da educação depende, portanto, de bons professores e do seu prestígio profissional e social, e a formação tem de ser encarada como um elemento estratégico do sistema educativo.

…”

Fonte: Professores com melhores notas não são necessariamente os melhores a ensinar » Educare – O Portal de Educação

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s